segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Oscars, os melhores momentos da noite

Pessoalmente, não achei a cerimónia em directo grande coisa este ano, um bocado vazia e até aborrecida. Até mesmo com o John Stewart como apresentador. Gostei da vitória dos Coen, apesar de sempre ter achado que 'There Will be Blood' ser o 'típico filme' da Academia... Bom sinal que os tempos estão a mudar, coisa que se tem notado nos últimos anos...

A noite, como já se sabe, foi dos irmãos Coen. Primeiro como vencedores do óscar de melhor argumento adaptado e com Javier Bardem a vencer justamente como melhor actor secundário, os irmãos acabam em beleza arrasando as categorias principais, melhor filme e melhor realizador.

O perdedor da noite não pode deixar de ser 'There Will be Blood', mesmo com Daniel Day Lewis a ganhar com favoritismo como melhor actor principal. Mas é nas categorias das actrizes onde surgiram as maiores surpresas da noite, Marion Cotillard em Le Mome e Tilda Swinton em Michael Clayton triunfaram nas categorias de melhor actriz principal e secundária respectivamente.

Os melhores momentos da noite:
Abertura:


In memorium:


Interpretação de Falling Slowly, mais tarde galardoada com o óscar de Melhor música original:



79 Years of Best Pictures:


E, claro, a juntar:

1 comentário:

Ricardo disse...

No "in memorium" esqueceram-se de Brad Renfro...